Páginas
em construção

©2012 por Karina Queiroz

Férias, e agora?

Sem planos para envolver os filhos nas atividades da família e ficar longe dos eletrônicos (pelo menos um pouco), é como muitos pais chegam às férias. Um período que as crianças ficam mais tempo no celular, computador e videogame, e os pais, mais apreensivos. Faço questão de lembrar antes de tudo que proteger algo ou alguém só é possível se tivermos informações sobre o que fazer e o porquê, em outras palavras, se queremos proteger nossos filhos no mundo “digital” então precisamos nos aproximar o mais tempo possível para identificar possíveis riscos e dar as devidas orientações.Quando brincamos, a comunicação flui e tende a ser divertido para todos, o clima melhora.


Eu sei que o jogo WAR é ótimo, mas vamos ver alguns outros jogos bem atuais e muito interessantes também.


- Acima de 4 anos:

Quem conta um conto: As crianças devem se juntar e utilizar as cartas como guias para criar novas histórias, contos de fadas totalmente inéditos.

Que bicho sumiu?: Jogo em que a dificuldade aumenta à medida que vão sendo inseridos mais bichos.


- Entre 5 e 7 anos:

Nhac Nhac: Um jogo de estratégia para pequenos e grandinhos se divertirem.

Cara a Cara ou similar: (Esse é das antigas, e contnua bem divertido) Adivinhar qual é a cara do seu oponente primeiro.


- Entre 7 e 10 anos:

DIXIT: Jogo de cartas vencedor do prêmio de melhor jogo do ano em 2010.

Ticket to Ride: Uma aventura de trem através do país!

Pandemic: Várias doenças virulentas eclodiram simultaneamente em todo o mundo!


- Acima de 10 anos:

The Resistance: Os jogadores atuam como Operantes da Resistência ou como Espiões do Império.

Scotland Yard: (Tem versão atual) Simula os processos de investigação normalmente usados na realidade.


Observação: Percebeu que quase todos os jogos têm nome em “inglês” ? Na era digital é tudo assim e as crianças estão bem acostumadas.


Existem muitos jogos voltados para a união familiar mas também outros de estratégia, construção de civilizações, leilão, compra e venda, que as crianças encontram em jogos online. Aliás, tem jogos de tabuleiro (“board games”) que tem o mesmo nome que o jogo online.Escolham juntos e divirtam-se.


Espero que curtam. Boas Férias!


Bjuks,

Karina Queiroz


0 visualização